Metrô-DF participa do Projeto Europereadr

01/10/2021

Estações do Metrô-DF abrem espaço para o projeto Europereadr, uma plataforma digital que visa ampliar e facilitar o acesso da literatura de autores europeus ao maior número de pessoas

Texto: Cristine Gentil/COS/Metrô-DF
Fotos: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

(Brasília,DF – 30/09/2021) – A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal, em sua busca constante por projetos de promoção à cultura no Distrito Federal, fecha mais uma parceria. Desta vez, as estações do Metrô-DF abrem espaço para o projeto Europereadr, uma plataforma digital que visa ampliar e facilitar o acesso da literatura de autores europeus ao maior número de pessoas. A plataforma é mantida por países membros da União Europeia e coordenada pela Embaixada da Eslovênia

Por meio da Gerência de Projetos Especiais, o Metrô-DF viabiliza a parceria com a Embaixada da Eslovênia para expor em 27 estações os 27 cartazes alusivos a cada uma das obras participantes do projeto, feitas por alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design Gráfico da Universidade do Distrito Federal (UDF).

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS

A partir de metodologias ativas, os alunos desenvolveram competências e habilidades interpessoais como criatividade, colaboração, comunicação eficaz e liderança. Assim, houve discussões em grupos e croquis feitos à mão foram rascunhados antes do resultado final.

Além da inspiração dos livros europeus, houve um trabalho imaginativo aliado à arquitetura, ao design e ao entendimento da vivência futurista em cada lugar de Brasília. Muitos alunos são do Entorno, o que possibilitou ainda a discussão sobre inclusão da cultura nas cidades contempladas com o Metrô-DF.

As obras já estão expostas nas estações do Metrô-DF. Os cartazes estampam um QR Code, que dá acesso ao conteúdo literário da plataforma, em formato digital.

No último dia 27, o presidente do Metrô-DF, Handerson Cabral, participou da solenidade de lançamento do projeto ao lado do embaixador da Eslovênia, Gorazd Rencelj, realizada na UDF.

Fonte: http://www.metro.df.gov.br/?p=46537