Procura por bicicletas compartilhadas retrata DF mais acessível em 2021

17/12/2021

Liberdade para ir, vir e curtir com praticidade. O deslocamento por bicicleta tem ganhado cada vez mais adeptos em Brasília. Iniciado em outubro desse ano, o sistema compartilhado da capital contabiliza uma média de 42 minutos de uso por bike e cerca de 350 viagens por dia. Logo após um mês da instalação, houve mais de 12 mil viagens realizadas.

A operação é feita pela empresa Tembici, que venceu licitação do Governo do Distrito Federal e investiu R$ 10 milhões para viabilizar o serviço. Atualmente, os usuários contam com 200 bicicletas espalhadas em 30 estações na área central de Brasília. As bicicletas compartilhadas estão disponíveis na região do Plano Piloto. O sistema não gera custos para o GDF.

Para o Secretário de Transporte e Mobilidade do DF, Valter Casimiro, essa alta procura pelo serviço mostra o potencial que Brasília tem na utilização desse meio de transporte. “É importante pensar e implantar novos modelos de mobilidade urbana. Por isso incentivamos ações de ciclomobilidade, que são essenciais para o desenvolvimento de uma cidade limpa, com menos trânsito e mais acessível”, afirma.

Como usar

Utilizar as bicicletas é fácil, basta instalar o aplicativo da empresa no celular ou acessar o site www.tembici.com.br. Por meio do app é possível encontrar estações com bicicletas disponíveis ou vagas livres, comprar o passe e alugar bicicleta.

Outros serviços disponíveis permitem experiências pessoais ao usuário como obter as estatísticas de tempo, distância, velocidade média, elevação, calorias e economia de CO2; criar um registro de histórico pessoal com esses dados; definir metas a serem atingidas dentro do seu próprio período e definir cronômetro ou contagem regressiva para gerenciar o tempo da viagem.

O sistema disponibiliza, como modalidades de assinatura, os planos avulsos de 30 minutos (R$ 3,50), diário (R$ 15) e anual (R$ 180,00). Outras informações e a localização das estações estão disponíveis no site tembici.com.br.

Horário de funcionamento

Nesse mês de dezembro, as bicicletas começaram a funcionar, provisoriamente, das 5h às 22h, todos os dias da semana.

A medida é para que a empresa possa fazer melhorias tecnológicas no sistema das bicicletas. Quando o serviço for concluído, as estações voltarão a funcionar em tempo integral, todos os dias da semana, 24 horas por dia.

Aumento de ciclovias

O fato de Brasília ter a segunda maior malha cicloviária do país é um incentivo a mais para quem quer utilizar os serviços da Tembici. A capital conta com 616 km de ciclovias construídas e para 2022 está prevista a construção de mais 130 km.

Fonte: https://semob.df.gov.br/procura-por-bicicletas-compartilhadas-retrata-df-mais-acessivel-em-2021/